8 de abril de 2010

apocalipse

é preciso
implodir a palavra

desconstruir
o edifício

libertar
o silêncio

Ozias Filho

com a devida vénia, de Páginas Despidas, Edição de Ardósia Associação Cultural, Outubro de 2005

2 comentários:

  1. E sempre desenraizar as asas das ruínas íntimas!

    Abraços!

    ResponderEliminar
  2. Caro Domingos,

    Pequeno,tenso, belo!
    Grato por compartilhar!


    Adriano Nunes.

    ResponderEliminar