28 de julho de 2010

OS GIRASSÓIS

Vós, girassóis dourados,
Intimamente votados à morte,
Vós humildes irmãs, num tal silêncio
Acaba o ano de Helian,
O do frio na montanha.

Então empalidece de beijos
A sua fonte ébria
No meio daquelas flores
Douradas de melancolia
O espírito rege-se
Pelas trevas do silêncio.

Georg Trakl

(tradução João Barrento)

com a devida vénia, de A RELIGIÃO DO GIRASSOL, uma antologia organizada por Jorge Sousa Braga, Assírio & Alvim, Lisboa, Outubro de 2000

1 comentário:

  1. e as vénias para ti, por colocares aqui este belo poema!

    um grande abraço
    jorge vicente

    ResponderEliminar